sexta-feira, 20 de junho de 2008

História do Rugby

Achei interessante colocar muito resumidamente como "nasceu" o Rugby - desporto adorado e odiado por muitos.

Diz-se que em 1823 que o desporto surgiu de uma jogada irregular do futebol (Football Association), na qual um jogador do colégio de Rugby de nome William Webb Ellis, teria pegado a bola do jogo com as mãos e seguido com ela até a linha de fundo adversária, em 1823.
O Rugby só foi reconhecido como desporto pela “Football Association” em 1863. Contudo, sabe-se que várias formas de jogo com bola existiram pela Europa no século XIX, e que tanto o Rugby Football (o rugby actual que actualmente é controlado pela IRB) quanto o “Football Association” (o futebol actual que agora é controlado pela FIFA) tiveram caminhos correlatos, sendo, portanto, dissidências de uma mesma forma de jogar futebol.

A bola de Rugby tem um formato oval, feita de couro semelhante á de uma bola de futebol. Tem entre 58 a 62 cm de comprimento por entre 28 a 30 cm de largura, inflada entre 65,71 e 68,75 kPa, pesando entre 410 e 460 g.

O campo é de formato rectangular, tem comprimento máximo de 144 metros e largura máxima de 70 metros. É dividido pela linha do meio de campo que separa os dois lados. Também é dividido em 2 regiões de “touch in” entre 10 e 22 metros de comprimento

O primeiro jogo internacional de rugby terá sido disputado no Raeburn Place em Edimburgo na Escócia em 27 de Março de 1871 entre Escócia e Inglaterra. O jogo foi então vencido pela Escócia.

No Rugby é usado apenas protecções flexíveis, feitas geralmente de tecido, espuma ou borracha. Algumas delas são obrigatórias a nivel internacional.

Utiliza-se chuteiras exclusivas do desporto, com travas maiores do que as de futebol.

Shoulder pad é uma espécie de colete com partes amaciadas. Existem modelos que protegem os ombros, o abdómen, o peitoral, as costas e o bíceps, ou apenas algumas dessas partes. O uso é feito por debaixo da camisa, então o protector não é visto pelas pessoas.

Boqueira - Protecção para os dentes. Sendo mais comum apenas a protecção única (apenas para os dentes superiores), pois não atrapalha a respiração, nem a comunicação entre os jogadores.

Scrum cap - Espécie de capacete com partes amaciadas para proteger o crânio de impactos de pequena e média força. Seu principal uso é de protecção para as orelhas, evitando o atrito dessas e possível deformação das mesmas. O “scrum cap” é mais utilizado pelos Avançados (forwards) do que pelos Defesas (backwards).

A pontuação determina-se da seguinte forma :

Try ou Ensaio (5 pontos) - É marcado quando um jogador consegue apoiar a bola com uma das mãos no chão (toque-no-solo) após a "área de validação" adversária, que corresponde a área após a linha dos postes.
·
Conversão (2 pontos) - Sempre após o try, a equipe marcadora tem a possibilidade de chutar em direcção aos postes, tentando fazer com que a bola passe por cima da trave e entre os postes da equipe adversária. A bola é colocada a no mínimo 10 metros da in-goal line e na mesma linha de onde foi feito o try. Pode-se chutar de duas formas: utilizando o tee, mais comum em jogos oficiais, pois apresenta menos chances de erro na hora do chute, ou realizando um Drop Goal.

Drop Goal ou Pontapé de ressalto (3 pontos) - Durante a partida, um jogador pode desferir um chute tentando fazer a bola passar por cima da trave e entre os postes da equipa adversária. O jogador deve obrigatoriamente fazer a bola tocar no chão e no retorno fazer um chute imediato.

Penalty Goal ou Pontapé de Penalidade (3 pontos) - Ao sofrer uma penalidade a equipe pode optar por tentar fazer um chute entre as traves do local onde ocorreu a penalidade.

No Rugby só é possível passar a bola para trás ou para o lado, sendo que os avanços são decorrentes das corridas com posse de bola, só são possíveis passes para a frente com pontapés. No chuto, só podem perseguir a bola, além do jogador que chuta, os jogadores que estiverem em linha ou atrás do mesmo no momento do pontapé.

Existem vários tipos de penalidades, com várias formas de serem punidas. Existem 4 formas de se cobrar uma penalidade:
Punt - Um chuto para frente
Scrum - Formação de um scrum
Run - Simplesmente correr com a posse de bola
Penalty Goal - Tentativa de chuto entre as traves

A falta de "passo para a frente" é marcado quando o jogador passa a bola com as mãos ao companheiro a frente de sua linha.

O impedimento é marcado quando ao momento do ruck o jogador ultrapassa a linha da bola

Knock-on é quando o jogador deixa cair a bola para a frente, ocorre então uma penalização.

É marcada uma alta placagem quando o jogador agarra o adversário por cima dos braços podendo pegar o pescoço ou a cabeça. A alta placagem pode ocasionar cartões amarelos ou vermelhos. Por norma o cartão amarelo é sempre aplicado, considerando jogo perigoso - 10 minutos no banco.

Arbitragem
No râguebi existem três ou quatro árbitros, sendo três de campo. O principal árbitro apita e conduz o jogo em campo e outros dois são os laterais como no futebol. Em competições internacionais ou dentro das grandes ligas, existe ainda o arbitro de vídeo, que assiste a partida pela televisão e tem acesso a recursos para conferir jogadas nas quais os três árbitros têm dúvida ou não chegam a um consenso. Serve também para advertir ou punir jogadores que cometeram agressões contra os adversários durante a partida.

Existem dois tipos de cartões:
Cartão amarelo - expulsão temporária por 10 minutos.
Cartão vermelho - expulsão permanente do jogo.

Campeonatos
Entre selecções
Taça do mundo
A Taça do mundo de Rugby é o principal evento entre selecções. Disputada a cada quatro anos desde 1987, trata-se do terceiro evento desportivo mais visto no planeta (atrás apenas do campeonato do mundo de futebol e dos Jogos Olímpicos). A penúltima edição do evento, ocorrida em 2003, foi assistida por mais de 3,4 biliões de pessoas (conforme informação do site “Rugby World Cup History”. A sua última edição (ocorrida em 2007, em França) foi vencida pela selecção da África do Sul que, com essa vitória, igualou-se à Austrália, ambas agora com dois títulos. O primeiro mundial foi disputado em 1987, com a Nova Zelândia sagrando-se campeã. Austrália (1991 e 1999), Inglaterra (2003) e África do Sul (1995 e 2007) são os outros campeões. A próxima Taça do Mundo de Rugby será disputada em 2011 na Nova Zelândia.

Outros importantes torneios são a Taça das Seis Nações (torneio desportivo entre selecções mais antigas do mundo), disputado pela Inglaterra, Escócia, País de Gales, Irlanda, França e Itália; e o das Três Nações, disputado pela Austrália, Nova Zelândia e África do Sul. Além desses campeonatos, as principais selecções do mundo disputam anualmente uma série de amistosos, denominados “Tests”, os quais são muito valorizados no mundo do rugby.

Entre clubes
Ligas nacionais
Os campeonatos profissionais mais importantes no mundo são: o Campeonato Inglês (Guinness Premiership), o Campeonato Francês (Top 14), a Liga Celta (Celtic League, disputada por equipas de Irlanda, Escócia e País de Gales), o Campeonato Italiano (Super 10), o Campeonato Sul-Africano (Currie Cup), o Campeonato Neozelandês (Air New Zealand Cup) e o Campeonato Japonês (Top League).

Ligas internacionais
Dentro das mais importantes estão a Heineken Cup (o campeonato europeu mais importante, comparada à Liga dos Campeões da UEFA no futebol) e o Super 14 (envolvendo equipas da África do Sul, da Austrália e da Nova Zelândia. Recentemente foi criada a “Pacific Rugby Cup” envolvendo equipes de Fiji, Samoa e Tonga. Há também a “European Challenge Cup”, a segunda competição europeia de clubes (comparada à Taça Uefa de futebol).


O Rugby em Portugal
Em 2007 foi possível assistir à estreia da Selecção Nacional Portuguesa de Râguebi (os Lobos) no Campeonato do Mundo de Rugby, sendo de louvar o facto desta selecção ser composta, somente por jogadores amadores e serem a 1ª selecção de rugby amadora a irem a um mundial. Os Lobos acabaram por perder todos os jogos, tendo sofrido 3 derrotas pesadas nos 3 primeiros jogos, mas ficaram muito perto de vencer a Roménia no último jogo, e conseguiram marcar sempre um ensaio em cada desafio. Os Portugueses também deixaram uma excelente imagem pelo seu incrível patriotismo e pela sua enorme dedicação ao jogo.

O Rugby no mundo

Disputado em mais de 120 países, é extremamente popular sobretudo nas partes do mundo de forte influência inglesa, como nas Ilhas Britânicas, na Austrália (Wallabies), na Nova Zelândia (All Blacks) e na África do Sul (Springboks), além da França (Les Bleus), sendo essas as grandes forças do desporto. É também popular na Itália (Gli Azzurri), na Argentina (Los Pumas) e no Uruguai (Los Teros). Fora dos Jogos Olímpicos desde 1928, tudo indicava que o rugby voltasse à família olímpica nos Jogos de 2012 (mas aí, talvez, com a sua versão reduzida, o rugby de sete jogadores, conhecida como “Rugby Sevens”), contudo tal expectativa não foi confirmada pelo Comité Olímpico Internacional e o rugby poderá não voltar às Olimpíadas nessa data.

Se formos comparar o Rugby com o tipico Futebol, isto se fõr possível de o fazer dado que ambos os desportos derivam da mesma base, as diferenças são enormes e percebe-se logo á partida que o Rugby evoluiu muito mais do que o Futebol. Se não, vejam :

Algo interessante no râguebi é que os jogadores não podem falar, discutir e jamais insultar os árbitros. Somente os capitães podem se dirigir ao árbitro, que pode punir um jogador e/ou a equipa caso tal regra seja desrespeitada. Podiamos falar de mais diferenças mas esta é a princiapal.

5 comentários:

Anónimo disse...

Cool flash games. Don't miss!!!

Anónimo disse...

nice post. thanks.

Anónimo disse...

What a great resource!

Anónimo disse...

My cousin recommended this blog and she was totally right keep up the fantastic work!

Anónimo disse...

Do you people have a facebook fan page? I looked for one on twitter but could not discover one, I would really like to become a fan!