sábado, 12 de julho de 2008

Estamos seguros nas ruas ?

Estamos seguros nas ruas ?

A resposta mais certa deverá ser Não, e não pensem que apenas na Quinta da Fonte acontecem incidentes do género - claro que a dimensão e violência depende do local e do numero de pessoas envolvidas. Foi muito grave o que aconteceu ontem - e até foi de dia por isso crianças correram perigo de vida pois foi à hora de almoço e muitos vinham da ou para a escola.

Até em Portimão à este tipo de incidentes, normalmente apenas entre indivíduos de etnia cigana ou cidadãos de leste. Ontem à noite não foi assim, bastou a intervenção de um cidadão "normal" que estava com alguns amigos e família a beber um café e que apenas saiu em ajuda de uns jovens que estavam a ser incomodados por indivíduos de etnia cigana para começar uma verdadeira batalha campal com um café e uma rua a ficar completamente em estado de sítio - gritos de crianças e de mulheres ouviam-se, as sirenes da policia tarde chegaram e apenas para ajudar a limpar os cacos do café pois os principais intervenientes já tinham fugido.

Parece-me que défice de segurança, pouco controlo de armas (de todo o tipo, desde bastões a facas e armas de fogo) e demasiadas pessoas a utilizar armas na sua actividade profissional podem ser alguns dos problemas que poderiam e deveriam ser combatidos.

Sem comentários: