sábado, 6 de dezembro de 2008

Deputados do PSD afinal estão do lado do PS !!!

Não sabiam desta pois não ?

é caricato, para não dizer que é mesmo vergonhoso

"Um projecto do CDS-PP que recomendava a suspensão e simplificação da avaliação dos professores poderia ter sido aprovado no Parlamento, não fossem as ausências de deputados nas bancadas da oposição.

Seis deputados do PS votaram ao lado do PSD, CDS-PP, PCP, BE e Verdes a favor do projecto do CDS-PP e uma deputada socialista absteve-se. Outros treze deputados do PS faltaram à votação, reduzindo o peso da maioria parlamentar de 121 para 101 votos.

Os 101 votos contra do PS foram, no entanto, suficientes para chumbar o projecto que recomendava ao Governo a suspensão da avaliação, isto porque do lado da oposição faltavam 35 deputados: em vez de 109 apenas 74 estavam presentes.

Com os seis votos de deputados do PS, houve um total de 80 votos a favor do projecto do CDS-PP. Ou seja, bastaria haver mais 22 deputados da oposição presentes na votação para o projecto ter sido aprovado, com 102 votos a favor.

No PSD, que tem 75 deputados, registaram-se 30 ausências. No CDS-PP faltaram dois deputados e um terceiro não entrou na sala a tempo de participar na votação. No PCP registou-se a ausência de um dos 11 deputados, que o partido informou estar doente. Nos Verdes, um dos dois deputados faltou, enquanto o BE teve os seus oito deputados todos presentes. A deputada não inscrita Luísa Mesquita esteve também presente.

Mesmo que todos os 121 deputados do PS tivessem estado hoje presentes, como seis deles votaram a favor e uma se absteve, haveria possibilidade de aprovar o projecto do CDS-PP, se os 109 deputados da oposição estivessem igualmente no hemiciclo.

O resultado seria, nesse caso, 115 votos a favor da suspensão da avaliação, uma abstenção e 114 votos contra"

deixo algumas perguntas no ar ......

- será que ainda vamos ver estes deputados ausentes em lugares de destaque nas Empresas do Estado ?
- estaremos já a antever uma coligação entre o PSD e o PS ?

mas o pior de tudo ainda estava para vir ....

"O líder parlamentar desvalorizou hoje a ausência de 30 deputados sociais-democratas na votação dos projectos de resolução da oposição pela suspensão do processo de avaliação dos professores, argumentando que os números decisivos foram os da bancada socialista.

Paulo Rangel lembrou, a propósito, que os socialistas dispõem de 121 deputados e a oposição apenas 109, ou seja, mesmo que as bancadas do PSD, CDS-PP, PCP, BE e Os Verdes não registassem ausências os diplomas seriam chumbado.

Caro Paulo Rangel, estamos mesmo mal de contas não estamos ?

Noticias in Jornal Noticias Online

Sem comentários: