sábado, 20 de dezembro de 2008

Jantares e mais Jantares ........

A última Assembleia Municipal em Portimão serviu, mais uma vez, para uma azeda troca de 'galhardetes' entre os deputados Municipais João Caetano e João Vieira. Não sendo, por si só inédito, dado ser habitual esta troca de palavras entre estes dois Deputados, mas desta vez o Deputado João Vieira mostrou realmente o que vai na cabeça do executivo e socialista em Portimão.

Toda esta situação surgiu apenas na sequência de uma intervenção do Deputado João Caetano, na qual explicava porque razão não havia estado presente no jantar de Natal que a Câmara ofereceu aos Deputados Municipais. João Caetano disse que, tal como tinah acontecido em anos anteriores, não compareceu por entender que a autarquia não tinha nada que pagar esse jantar de convívio e que só iria se lhe tivessem permitido pagar o seu. A meu ver, atitude sábia e que merece um aplauso, dado que não me parece que os contribuintes tenham de pagar um jantar convívio aos Srs. Deputados Municipais.

João Vieira ainda disse que reprovou a atitude de João Caetano - eu digo ainda mais, quem reprova a sua atitude Sr. Deputado João Vieira sou eu e os restantes contribuintes portimonenses.

Depois de ter lido que as despesas com restauração do executivo socialista portimonense já tinha antigido o lindo valor de 440.000 € (e isto apenas até Novembro, faltando aqui juntar as muitas festas de Natal pagas por todos nós no mês de Dezembro), não fiquei propriamente surpreendido com as palavras do lider parlamentar do PS, afinal pagar não custa quando o dinheiro não é nosso.

Queria deixar algumas perguntas :

- porque temos nós, contribuintes de Portimão, de pagar um jantar convívio aos Deputados Municipais ?
- não podiam ter jantado num restaurante do tipo "normal", era necessário terem jantado num restaurante caro ?

Afinal de contas, já que eu também paguei esse jantar, posso pelo menos saber o custo do mesmo aos contribuintes de Portimão ?

João Bárbara

Sem comentários: