sexta-feira, 17 de abril de 2009

António Capucho defende demissão de Dias Loureiro do Conselho de Estado

O presidente da Câmara de Cascais e conselheiro de Estado eleito defendeu hoje, em declarações ao Rádio Clube, que Dias Loureiro devia demitir-se daquele órgão para evitar mais constrangimentos ao Presidente da República, Cavaco Silva, independentemente de estar ou não envolvido no caso BPN.

“Em homenagem ao Sr. Presidente da República ele deveria sair e afastar-se explicando que o faria não por estar a reconhecer qualquer culpa”, afirmou António Capucho, que considerou que a situação é “manifestamente um embaraço para o sr. Presidente da República e é também um embaraço para as instituições políticas em geral”.

Parecem-me sábias palavras.

Sem comentários: