sábado, 4 de abril de 2009

Cirurgião sofreu enfarte durante operação


Um cirurgião napolitano de 59 anos sofreu um enfarte enquanto operava um doente a um tumor cerebral mas decidiu continuar com a intervenção, refere a Lusa.

Claudio Vitale, que regressou a casa depois de uma semana de recuperação num hospital, explicou que, apesar de ter padecido de dores durante meia-hora, decidiu continuar com a operação, que estava «numa fase delicada».

Uma análise ao sangue, praticada durante uma breve pausa da intervenção cirúrgica, revelou que se tratava de um enfarte.

«Se me tivessem substituído, o colega teria encontrado uma situação crítica, com uma hemorragia em marcha. Preferi acabar, extrair o tumor, proceder à hemostase e depois correr à sala de operações do lado para me submeter a uma intervenção», acrescentou o cirurgião.

Vitale, que foi submetido a uma angioplastia, adiantou que o filho do paciente que operou lhe enviou, comovido, muitas mensagens de agradecimento.

De facto, um exemplo a seguir por todos que levam a sua actividade profissional muito a sério e onde os doentes estão primeiro.

Sem comentários: