quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Já estamos no pódio europeu da Gripe A

Estamos todos muito calados, mas a verdade é que só inicio de Setembro já tinhamos quase 3.000 casos em Portugal, que felizmente ainda não registamos nenhuma morte.

Portugal é o segundo país europeu com maior incidência de infecções de gripe A (H1N1), com 20,9 casos por cada cem mil habitantes, a seguir ao Reino Unido, com 21,4 casos por cada cem mil habitantes.

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças aponta Portugal como o terceiro país europeu com mais casos confirmados de gripe A (2.244), depois da Alemanha (15.567) e do Reino Unido (13.095).

Contudo, em proporção com a população, a incidência de infecções acaba por ser maior em Portugal, que tem 10,7 milhões de habitantes, do que na Alemanha, com 82 milhões de habitantes.

Portugal só é ultrapassado pelo Reino Unido, onde vivem 61 milhões de pessoas.

A Grécia, que apresenta a mesma população do que Portugal, tem uma incidência de casos menor do que Portugal, uma vez que regista menos infecções: 1.839.

Atrás de Portugal surgem a Espanha e a Itália, com 3.79 e 3.01 casos por cada cem mil habitantes, respectivamente.

Espanha, com 40,5 milhões de habitantes, tem 1.538 casos de gripe A, enquanto a Itália, com 58 milhões de habitantes, apresenta 1.800 infecções do H1N1, de acordo com os mesmos dados hoje divulgados pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças.

Apesar de ser o segundo país europeu com maior incidência de infecções de gripe A (H1N1), Portugal não regista casos mortais, ao contrário do Reino Unido (65), Espanha (21) e Grécia (1).

Sem comentários: