sábado, 30 de janeiro de 2010

Enfermeiros em Greve



[Artigo de Opinião - Enfermeiros em Greve]

Pelo que percebi de vários artigos que li na imprensa e na blogsfore, os enfermeiros serão provavelmente a única classe profissional da função pública a auferir um salário abaixo das suas qualificações. O facto de possuiremm uma licenciatura, estes deveriam receber, pelo menos, 1.201,48€ como salário inicial. Ao invés, e apesar de terem 4 anos de curso, o que lhes confere uma licenciatura, recebem apenas 1.020,06€, um salário ao nível de um bacharel. Como se isto não fosse suficiente, o Ministério da Saúde pretende baixa ainda mais, desta vez para os 995,51€. A injustiça que está a ser feita com esta classe profissional que envolve cerca de 50 mil profissionais tem de ser resolvida em prol de um Estado justo e coerente, bem como de um melhor Sistema Nacional de Saúde.

É verdade que a contenção de custos necessária para 2010, nomeadamente ao nível da Saúde, e que está patente no Orçamento de Estado de 2010, mas tal não implica que se tenha de prejudicar ainda mais uma classe profissional que por si só já não tem os seus direitos de licenciados assegurados.

Esta injustiça permite que o estado poupe entre 7 a 8 milhões de euros por mês (basta fazer as contas!). Mas a matemática não justifica tudo, muito menos no que diz respeito à dignificação de uma classe profissional!

Não está correcto o que se pretende fazer e também me parece estranho querer cortar numa classe profissional tão importante para todos nós, não nos esqueçamos que a Saúde é do mais importante que temos.

A cortar, porque não fazê-lo por exemplo nos largos milhões que vão ser gastos com as comemorações que começam hoje do centenário da República ? isso sim seria poupar.

1 comentário:

André Pinção Lucas disse...

Caro João Bárbara,

Agradeço que respeite os direitos de autor. A maioria das suas frases plagiam o meu post em "O Centro Social":
http://ocentrosocial.wordpress.com/2010/01/28/protesto-dos-enfermeiros-uma-questao-de-injustica/

Agradecia portanto que colocasse a respectiva fonte de tais frases com o devido pedido de desculpas. Os três primeiros parágrafos são plágio quase total!

Cumprimentos,
André Pinção Lucas