terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Responsabilização deve começar nas famílias, defendem confederações de pais

'As confederações de pais defendem que a responsabilização pelo uso de armas por parte dos filhos tem de começar nas famílias, que devem alertar para o seu perigo e guardá-las em segurança no caso de possuírem licença de porte.

Em declarações à agência Lusa, a Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP) e a Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE) reagiram ao incidente numa escola de Braga em que um aluno foi atingido no peito por uma arma disparada acidentalmente por um colega, segundo a Polícia Judiciária.

Na sequência do acidente, o director do Observatório para a Segurança Escolar, João Sebastião, responsabilizou os pais pelo facto de os filhos levarem armas para a escola, embora ressalvando que os casos de uso de armas "são muito raros" nos estabelecimentos de ensino.'
- conforme noticia do IOnline

O meu comentário a esta noticia foi o seguinte De facto felizmente que um caso extremo como o de hoje é muito raro. Parece-me que o problema não são as armas de fogo, pois isso é uma excepção, no entanto a falta de controlo e de bom sendo de alguns pais pode levar a situações perigosas, não só para os filhos próprios como também para os filhos dos outros.

Posso relatar que este ano lectivo na escola do pontal, em Portimão, houve uma criança do 2º ano que levou por mais de uma vez um xizato para a escola. Após tentar que fosse a professora a bordar a mãe da criança (sem sucesso) abordamos directamente a mesma. A resposta da senhora foi simplesmente que sabia que o filho trazia para a escola o xizato mas que achava que o miudo com 7 anos estava perfeitamente com a idade para aprender a manusear o xizato.
1º o xizato não é uma arma
2º o xizato é para ser usado na sala de aula
3º as normas da escola proibem o uso de xizato fora da sala de aula e fora da supervisão de um adulto
4º a criança não tem culpa
5º a mãe deveria de ser chamada à atenção

Publicado no IOnline em 12/02/2009 'as 22:16h

Sem comentários: