sábado, 2 de outubro de 2010

O cofre azul está fechado a nove chaves



Este titulo do Record Online diz tudo ..... sem palavras.

'Em 11 jogos oficiais, o FC Porto ficou sem sofrer golos em 9. A coesão coletiva ajuda a defesa a ser mais forte, mas a verdade é que a linha mais recuada corresponde sempre que tem sido testada.
Tendo em conta que o embate com o Genk teve características especiais, dado que a eliminatória estava decidida e foi Beto o titular na baliza, é preciso notar que os dois únicos golos sofridos pelos dragões, na sua máxima potência competitiva, foram obtidos de fora da área pelo Sp. Braga: livre direto de Luís Aguiar e um remate espantoso de Lima. Pelas vias mais comuns, o tormento de esbarrar na muralha tem sido o destino das investidas adversárias.
Isto apesar da rotatividade entre os centrais após uma sequência inicial de jogos em que Rolando e Maicon foram a dupla fixa, e mesmo do lateral-direito, onde Fucile já contesta a titularidade de Sapunaru. Helton, que começou bem a temporada, acaba por ver o seu mérito diluir-se dentro de eficácia defensiva que tira o sono aos avançados contrários.'

Sem comentários: