quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Portas reeleito com 95% dos votos

Não entendo, nem percebo muito bem as criticas de que a reeleição de Paulo Portas foi ao estilo "Mubarak" ou pior ainda ao estilo "Kim Jong". Melhor dizendo, perceber até percebo porque afinal de contas o Homem até é bem incómodo para uns e outros. A idéia que me dá ás vezes é de que queriam era que ele estivesse calado, porque cada vez que o Paulo fala, torna-se um incómodo e uma chatice para todos os envolvidos.

Quando li a noticia do IOnline, com um titulo muito pouco subtil "Portas 95% afasta-se da moção do Bloco e segue para bingo", logo percebi que existe por aí muitos que ficaram melindrados com a votação de 95%, mas não percebo porquê - havia mais algum candidato ? não, e porque não ? porque não haviam outros interessados. Parece simples não acham ?


Em vez de estarmos todos focalizados em derrubar o Governo, de mandar o Sr. Eng. e CA Lda para o raio que os partam, andam preocupados se o CDS teve mais do que um candidato á sua liderança .... não dá mesmo para entender. A necessidade que existe neste momento de afastar os "holofotes" do Governo e das suas peças de zadrez é tanta que vale tudo e mais alguma coisa.


Vamos focalizar a nossa atenção naquilo que de facto interessa - um novo rumo para Portugal e um bilhete só de ida para o Governo e seus lacaios, e de preferência para bem longe daqui.

Sem comentários: