sexta-feira, 22 de abril de 2011

Partidos reduzem orçamentos para a campanha eleitoral

Noticia do CM Online

Esta noticia é em si própria uma vergonha, e de certo que deixa todos os portugueses a pensar mas que merd**** é esta ? o que vai na cabeça destes senhores para acharem que podem gastar Milhões e Milhões em campanhas eleitorais quando nos pedem contenção e aumentam os impostos e reduzem os salários ?


Os partidos vão apresentar orçamentos de campanha mais reduzidos do que em 2009, não devendo o PSD chegar aos dois milhões de euros, enquanto que há dois anos estimou os gastos em 3,34 milhões de euros. - mesmo assim 2 Milhões em quê ???? papéis e jantaradas de amigos ?

O PS, que nas últimas legislativas entregou um orçamento de 5,54 milhões de euros, foi o único partido que recusou à agência Lusa avançar uma estimativa desses gastos antes de entregar o documento na Entidade das Contas, tendo o dirigente socialista André Figueiredo adiantado apenas que "haverá um grande corte".  - ora aí está a verdadeira democracia portuguesa, não só vão gastar o nosso dinheiro como se recusam a prestar informação de quanto vão gastar. Até quando ?

O PCP prevê gastar 995 mil euros, menos um milhão de euros do que o orçamento de 2009, o Bloco de Esquerda situa o orçamento "abaixo de 800 mil euros", tendo estimado gastar nas últimas legislativas 993,8 mil euros. - são tão amigos do Povo, mas mesmo assim gastam e gastam e gastam.

O CDS-PP vai entregar na Entidade das Contas um orçamento de campanha de 700 mil euros, confirmou o dirigente democrata-cristão João Rebelo, tendo em 2009 o partido estimado os custos de campanha em 850 mil euros.  - Para não variar, o partido mais comedido e contido nas despesas é o CDS-PP. Apesar de ser ainda considerado o partido dos ricos (o que em nada tem a ver com a realidade), é sempre o partido que pensa que estes fundos são públicos e são muito e muito escassos.

Apesar de mesmo assim achar que o CDS-PP vai gastar muito, congratulo-me por fazer parte de um partido que pensa em todos nós. Obrigado.

Sem comentários: