domingo, 8 de abril de 2012

[Portimão] mais parquimetros em Portimão ?


Apesar desta noticia já não ser nova, nos últimos dias surgiram algumas noticias na comunicação social.

PORTIMÃO quer mais estacionamento pago - Observatório do Algarve
Cidade inundada de parquimetros - CM Jornal

As noticias afirmam que foi recentemente apresentado aos membros da Comissão de Trânsito de Portimão um estudo encomendado pela autarquia. O estudo, encomendado pela Portimão URBIS aponta para o alargamento da área cobrável de estacionamento na malha central da cidade de Portimão e para o aumento do tarifário de estacionamento.

Este estudo merece o meu repúdio e total rejeição. Tendo em conta a situação no centro da cidade, a situação de abandono da zona comercial e em grande parte da zona residencial, parece-me que Portimão merecia muito mais consideração. Os portimonenses precisam de medidas de incentivo ao comércio local, medidas que incentivem os portimonenses a fazerem compras e passearem pelo centro de Portimão e não medidas que os afastem para fora de Portimão.

Não digo com isto que toda a culpa desta situação seja da Câmara, mas com medidas desta natureza não ajuda em nada. Infelizmente as Associações Comerciais têm feito pouco pelos seus associados, têm lutado menos do que deviam (não estou a dizer que não têm lutado), têm assinado muitos Protocolos que logo á partida tinham tudo para não serem cumpridos. 

Agora temos é de apontar forças para um rejuvenescer do centro de Portimão, mesmo do próprio Portimão. Temos de trazer turistas e portimonenses para Portimão. 

Agora, idéias já é mais complicado. Se calhar de Verão não é dificil de trazer animação para a Alameda, para a zona do Largo da Mó e mesmo para a Casa Inglesa, quem não se recorda da Casa Inglesa repleta de turistas e de portimonenses, as esplanadas cheias, e mesmo a rua das lojas com muita animação. Agora, para isso, os comerciantes também têm de ajudar - abrir á noite, trazer animação para a rua. A autarquia em vez de querer taxar mais ruas e ruas, deveria era de pagar a primeira hora.  

Esta é apenas a minha opinião pessoal.

Sem comentários: