domingo, 6 de maio de 2012

[Escola de Portimão pôs crianças do 1.º ciclo a vigiar os intervalos] noticia do Jornal Público online

Após esta noticia do Público devo dar a minha opinião sobre este assunto : Jornal Público online

Devo deixar aqui a minha opinião sobre este assunto, que tem dado a algumas discussões no Facebook, em grupo criado pela Associação de Pais da Escola do Pontal.

Conforme foi explicado, e muito bem, pelo Paul Right na página do Facebook acima indicada, este projecto é bastante interessante e de louvar

Eu por mim, fui um dos muitos Pais que deu liberdade à filha de ser activa ou não neste projecto. Sei que ela já o fez, mas não é das mais activas - fez a sua escolha. Quando leio falar de liberdade, estaremos a falar do quê propriamente ??? serão aqueles miudos que batem nos outros no recreio? serão aqueles miudos que fecham os outros na casa de banho ? serão aqueles que roubam os outros ? serão aqueles miudos que partem a escola, pintam as paredes ? serão aqueles miudos que utilizam termos vulgarmente chamados de obscenos ? serão estas as situações que são vigiadas por estas crianças e professores ?

Se assim é, venham mais patrulhas de segurança. Não posso nem tenho nada contra, só a favor.

E já agora, dizerem que as crianças por terem de usar uma t-shirt a dizer que são das patrulhas de segurança faz lembrar a Pide é completamente ridiculo e despropositado. Assim como afirmar que as crianças são obrigadas a desfilar é uma mentira, nada se passa dessa forma. Aliás, tal como o fiz á minha filha, as crianças têm a liberdade de escolher e isso sim é liberdade. Também nenhuma criança tem a obrigação de o fazer diariamente.

Se todos nós dermos o minimo de educação ás nossas crianças não seria necessário chegar a este ponto, mas como não é assim da minha parte não tenho receio nem medo das patrulhas de segurança. Conheço a minha filha e sei que ela é respeitada e respeita os outros.

Transcrevo aqui o que o Paul escreveu, assim como o link para a página do Agrupamento onde esta situação está explicada. Saliento que este projecto faz parte do Plano Anual de Atividades e está disponivel no site do Agrupamento desde que foi aprovado pelo mesmo : http://www.eb23-d-m-castelo-branco.rcts.pt/documentos/paaa_2011_2012.pdf

"Gostaria de esclarecer a todos aqueles que são "contra" o projeto “Patrulha de Segurança” levado a cabo na escola do Pontal , que talvez tenham essa opinião, porque não conhecem verdadeiramente o projeto ou não foram bem informados ou não se quiseram informar.
O Projeto faz parte do PAA assim como outros, e está na página do agrupamento com os seus objetivos, assim como tudo o que se faz de projetos ou atividades na escola, podem ver em: http://www.eb23-d-m-castelo-branco.rcts.pt/documentos/projetos_paaa.pdf .
O PAA (Plano Anual de Atividades) de uma escola é feito em equipa de professores e fica registado na ata que todos concordam, pois se não concordarem também fica registado. Cabe depois a cada um geri-lo. Nas reuniões de inicio de período os professores devem lembrar ou não, aos pais que esses documentos estão no site do agrupamento para serem consultados. Mas como em Portugal lê-se pouco, mas fala-se muito, as pessoas preferem o diz que se disse e não sabem nada do assunto. É como instalar um equipamento sem ler o manual. Acontece, infelizmente em pleno século XXI.
Para além disso, existe na escola um jornal escolar , bimestral, chamado "Blisca", onde eu me informei e muitos outros pais, sobre o projeto e continuo a seguir nas suas edições, (vai na 3.ª) as atividades da Patrulha, pois o projeto "Patrulha de Segurança" , não é só os meninos vestirem a camisola, também foi: - a atividade "Abraços Grátis", realizada em Dezembro; - um relatório de situações disfuncionais de materiais e equipamentos, ou seja, o levantamento de situações perigosas na escola e entregue às autoridades competentes, associação de pais e Câmara Municipal para prevenir e apurar responsabilidades se algo de mal se passar, pois a escola não é segura devido às obras inacabadas e materiais desadequados, para além disso, o projeto Patrulha de Segurança - previa uma ação de formação a realizar a toda a comunidade escolar, que já foi realizada aos professores e empregados, no final de Março, e também irá ser realizada aos pais, aqui cabe à associação de pais gerir; - outra coisa que o projeto prevê é a realização de exercícios treino de evacuação, simulacros de incêndio e outras ações em toda a escola, jardim-de-infância e agrupamento, mas como já se devem ter apercebido ou não, tal não tem sido possivel, porque a escola nem devia estar a funcionar....pois não tem aprovação de nada. Não sei se sabem que está a decorrer um processo em tribunal entre a C.M.P e o empreiteiro. Costumam ver homens a trabalhar???Pois é deviam estar mais preocupados com isso, mas enfim....Informem-se bem antes de falarem e sejam mais observadores quando forem levar e buscar os vossos filhos à escola.
Informei-me também que a única turma que não comprou o jornal "Blisca" foi o 4.ºA e não percebo também, como as pessoas que têm tanta facilidade nas novas tecnologias, pois usam o facebook, não tenham conseguido abrir a página do agrupamento e lerem documentos importantes tais como o PAA ou o Projeto Educativo, que é a Bíblia da escola.
Para informar os que não estão bem informados anexo o Jornal Blisca onde na 1.ª edição poderão ver ao pormenor, como eu e muitos pais vimos, os objetivos do Projeto Patrulha de Segurança, e assim interpretá-lo e perceber que apenas serve para proteger os alunos, para lhes dar valores de amizade, respeito pelo outro, solidariedade, etc, que são cada vez mais raros, hoje em dia.
Edição n.º1 Outubro , página 3.

PSP - PATRULHA DE SEGURANÇA DO PONTAL
APRESENTAÇÃO:

O Projeto Patrulha de Segurança é um instrumento que a Escola pretende desenvolver para incentivar ações que deverão nortear as estratégias educativas da comunidade escolar, para enfrentar as adversidades que circundam o ambiente educacional, numa junção de esforços entre família-escola-sociedade-poder público, e não apenas de um único setor, porém valoriza-se a unidade na diversidade. 
Não podemos esquecer que vivemos num mundo globalizado, com uma ligação instantânea e num momento de grandes transformações sociais, políticas e até ambientais, portanto temos que nos sensibilizar e sermos críticos da escola que queremos construir de fato. 
Por outro lado, também é notório que a instituição “escola” não está preparada para assumir todas as responsabilidades que lhe está sendo imputada pela sociedade. 
Por isso contamos com a ajuda de todos!
Objetivo Geral

→ Educar para a promoção da segurança na escola desenvolvendo actividades pedagógicas e informativas orientadas para os alunos, professores, funcionários e a restante comunidade educativa, estabelecendo estratégias, metas e ações eficazes para intervir e prevenir as atitudes não cívicas e de violência dentro da escola.

Para conseguires ser um verdadeiro PSP (Patrulha de Segurança do Pontal) começa já a cumprir as principais regras básicas:
● Não corras nem fales alto nos corredores;
● Não deites lixo para o chão;
● Cumpre as regras da sala e da escola que os professores te deram e aquilo que as empregadas te dizem; 
● Não empurres os colegas, não grites com eles nem sejas mal-educado. 
Não faças aos outros aquilo que não gostas que te façam!
Objetivos / Atividades
1- Objetivo: - Estabelecer maior segurança no recinto escolar, evitando situações conflituosas. 
Atividade: Formar um grupo de apoio e segurança de forma a prevenir acções de degradação e de agressões dentro do espaço escolar, que realiza rondas no recinto escolar nos horários críticos da escola, valorizando sempre o diálogo. 

2-Objetivo: Incentivar a participação dos alunos de forma cooperativa e mobilizar para ações solidárias.
Atividade: “Dá-me um Abraço”.

3- Objetivo: Sensibilizar a comunidade escolar de que é possível a resolução de conflitos, através de uma mediação justa, onde todos tenham consciência dos direitos e deveres de cada um.
Atividade: Registar as ocorrências que envolvem atos de violência no ambiente escolar na Pasta individual do aluno, visando melhor acompanhamento crítico - reflexivo dos casos e das suas devidas estratégias aplicadas.

4- Objetivo: Preparar a comunidade escolar para ser capaz de exercer plenamente a cidadania e, ao mesmo tempo, modelar o seu desempenho visando tornar-se um agente transformador da gestão democrática.
Atividade: Organizar um acervo de livros, filmes educativos e outros documentos na área da segurança;
Atividade: Organizar Ações de Formação subordinadas à temática da segurança.

5- Objetivo: Promover atitudes e comportamentos adequados em situação de emergência.
Atividade: Realizar exercícios treino de evacuação, simulacros de incêndio e outras ações em toda a escola, jardim-de-infância e agrupamento.

6- Objetivo: Corrigir situações disfuncionais de instalações e equipamentos.
Atividade: Elaborar um modelo de relatório visando registar todas situações disfuncionais de instalações e equipamentos, de forma a encaminhar para sua retificação.

7- Objetivo: Promover o intercâmbio com as autoridades concelhias de segurança, em assuntos referentes à “Segurança na Escola”.
Atividade: Ações diversas com perfil preventivo e interventivo (PSP, GNR, Bombeiros).

Edição n.º 2 - Dezembro, página 2

PSP - PATRULHA DE SEGURANÇA DO PONTAL

ATIVIDADE: “DÁ-ME UM ABRAÇO.”

No dia 15 de Dezembro, para cumprir o objetivo do projeto Patrulha de Segurança: “Incentivar a participação dos alunos de forma cooperativa e mobilizar para ações solidárias”, a turma do 4.º B pediu abraços a toda a comunidade educativa, distribuindo muito carinho. 
Foi um sucesso e já pediriam para ser incrementada com regularidade na escola.

Não te esqueças, abraça alguém todos os dias. Todos precisam de carinho!


ATIVIDADES PROGRAMADAS PARA O 2.º PERÍODO

1- Formar um grupo de apoio e segurança de forma a prevenir ações de degradação e de agressões dentro do espaço escolar, que realiza rondas no recinto escolar nos horários críticos da escola, valorizando sempre o diálogo.
Objetivo: Estabelecer maior segurança no recinto escolar evitando situações conflituosas.

2 - Elaborar um modelo de relatório visando registar todas situações disfuncionais de instalações e equipamentos, de forma a encaminhar para sua retificação.
Objetivo: Corrigir situações disfuncionais de instalações e equipamentos.

Edição n.º 3 - Fevereiro, página 2

PSP - PATRULHA DE SEGURANÇA DO PONTAL

ATIVIDADES 2.º PERÍODO - CUMPRIDAS
1 - Foi elaborado um “relatório das situações disfuncionais de instalações e equipamentos e seu encaminhamento para as entidades competentes” (pág. 3 do PAA).
2- Deu-se início ao grupo de “Patrulha” que realiza, diariamente, rondas no recinto escolar nos horários críticos da escola, de forma a evitar conflitos e a degradação da escola, valorizando sempre o diálogo. 

Esclarecidos?????

Cabe agora à Associação de Pais passar o feedback, da maioria dos pais, em relação ao projeto através desta página ou de uma reunião.
Em projetos ou políticas há sempre quem concorde e discorde, com maioria absoluta as coisas têm sempre pernas para andar. Neste caso específico, o desacordo é de uma minoria (nem a turma toda, e nas redes sociais nem uma mão cheia se pronuncia), que não representa nada no universo da escola.
Parabéns aos professores pela excelente ideia (é uma ideia que está em prática nas escolas da América do Norte) , por isso muito avançada para as mentalidades do povo português, que já não é tão heroico como em outros tempos.
E nesta crise de valores, agradeço e venero o empenho dos professores da escola do Pontal pelo trabalho desempenhado, muita força para enfrentar os tempos tempestuosos. Ensinem aos vossos alunos que devem ser exigentes com o trabalho e e persistentes no alcançar de um objetivo.
Bem hajam professores, vocês são os mestres!"

Sem comentários: