terça-feira, 2 de outubro de 2012

Helicóptero do INEM vai para Beja


Li com alguma preocupação que o helicóptero do INEM que está, ou estava, estacionado em Loulé ia ser, ou já foi, deslocalizado para Beja. Não percebo a razão, até porque o Algarve, por várias razões a começar pela sua localização numa ponta de Portugal, a prevalência de ocorrências no Distrito do Algarve versus Beja, o aumento abrupto de turistas em determinadas alturas do ano, o facto de irmos ter um aumento de tráfego na já tão conhecida "estrada da morte", motivado pelo começo do pagamento de portagens na A22 são razões suficientes para a minha preocupação. Não nos podemos esquecer que os serviços de saude existentes numa região são cada vez mais uma das razões e pontos a analisar pelo turista e que esta medida vai, e pode, afastar ainda mais o já débil turismo algarvio. 

Perante isto, gostaria de saber quais as razões para esta situação de deslocalização do helicóptero do INEM para Beja. Será que alguém sabe das facto as reais e verdadeiras razões ?

Sem comentários: