sexta-feira, 16 de novembro de 2012

carga ou descarga policial ?

Depois de ler esta crónica do Expresso, por Henrique Monteiro, dei por mim a pensar que a primeira frase diz tudo : 

"Há coisas do arco-da-velha. Uma delas é acreditar que um polícia, depois de hora e meia a levar pedradas, tem discernimento para, durante uma carga, saber quem prevaricou e não prevaricou"




Eu até dizia mais, terá sido mais uma descarga de adrenalina policial ? eu já estive nalgumas manifestações na minha altura de estudante e sempre tive a certeza de uma coisa, não posso nem devo estar no local errado na hora errada. Não vos parece ? 

Agora, foi demais ? não sei, mas foi a possível perante as circunstâncias e perante mais de uma hora e meia a levar com pedras e petardos. Eu não tinha, e só podia agir da mesma forma. No meio de tanto e de tantos e tantas há sempre quem exagere e há sempre quem haja mais ou menos sem pensar e sem ver.

Quero deixar aqui o meu louvor e palavra de apreço ao trabalho e sobretudo à compreensão dos policias para com as atitudes que vi.

Obrigado

Sem comentários: