terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Afinal o caminho parece ser o certo ....

E parece que afinal o caminho não está errado, ou melhor, o caminho era e é o certo ! Aceito e digo que nem sempre parece ser da melhor forma ou que haverá melhor caminho e forma de chegar ao destino, mas este regresso aos mercados e a descida das taxas de longo prazo são um bom indicador para Portugal e para todos nós. 

Parece-me que só o futuro o dirá, e ainda há muito trabalho a fazer.

Estamos de certo no caminho certo.

A taxa de juro implícita na dívida pública portuguesa está em queda na generalidade das maturidades e os juros a 10 anos ficaram aquém dos 6%, pela primeira vez em mais de dois anos. Comissão Europeia mostrou-se favorável ao pedido de Gaspar para extensão dos prazos da dívida.

http://www.jornaldenegocios.pt/mercados/taxas_de_juro___credito/Detalhe/juros_da_divida_a_10_anos_encerraram_abaixo_dos_6.html

http://www.publico.pt/politica/noticia/cds-extensao-do-pagamento-de-emprestimos-e-importante-para-regresso-aos-mercados-1581593

Sem comentários: