Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2018

Portimão eleita Cidade Europeia do Desporto para 2019

Imagem
Portimão eleita Cidade Europeia do Desporto para 2019


Foi na passada sexta-feira que foi anunciado pelo ACES Europe (European Capitals and Cities of Sport Federation) que Portimão foi eleita Cidade Europeia do Desporto para 2019. O ACES reconheceu Portimão como um exemplo a seguir na promoção do Desporto para Todos.
Estamos todos de Parabéns, Todos os portimonenses têm uma oportunidade de ouro para 2019. Basta ver o que foi feito por Loulé, aqui tão perto de nós, quando foi capital europeia do desporto.
Agora é preciso perceber exatamente o que se pretende fazer, onde e que meios estão disponíveis para eventos e para apoio aos clubes e associações do município. 
Na divulgação feita pelo município é referido que "Esta eleição constitui-se, ainda, como uma oportunidade para que o Município de Portimão continue a sua aposta na melhoria das condições para a prática desportiva não só para os atletas como também para a população em geral, estando previstas intervenções chave em equi…

[artigo de opinião] Educação – a inovação tecnológica já é uma realidade em Portimão

Imagem
Artigo de opinião, da minha autoria, publicado hoje no site Região Sul
"Educação – a inovação tecnológica já é uma realidade em Portimão"


Deixo o link para leitura e partilha, se assim o entenderem

Sou pela legalização da canábis para fins terapeûticos

Imagem
(imagem do google.com)
Depois de ter lido sobre o assunto, e de verificar que inúmeras personalidades referem a mais-valia que a canábis pode ter, em uso terapeûtico, sou pela legalização. 
O Bloco de Esquerda vai apresentar no próximo dia 11 de janeiro, um projeto de lei que propõe a legalização da canábis para a usos terapêuticos, esperando que recolha o consenso necessário para que este assunto não fique esquecido e seja uma realidade próxima.
“A investigação científica tem revelado dados consistentes e sistemáticos sobre os efeitos benéficos desta planta no controlo da dor, na regulação do apetite, no controlo de sintomas associados a doenças neuromusculares, no tratamento do glaucoma, na diminuição dos efeitos secundários negativos que resultam de tratamentos oncológicos, entre muitas outras situações”, lê-se na carta aberta, que esta terça-feira, pede ao parlamento que avance com a legalização da canábis para uso medicinal.

O documento, divulgado esta terça-feira, é subs…