[ minha opinião] Um País que não tem os mesmos direitos em todas as regiões ...





O título deste post diz quase tudo .... Um País que não tem os mesmos direitos em todas as regiões.

Nos últimos dias li, e ouvi, várias notícias sobre grandes medidas de ajuda às famílias, quer seja na educação como na saúde. Magnifícas notícias, tudo quer parecer que os nossos políticos estão no bom caminho e finalmente perceberam que será bom olhar para quem vota, para quem os elege para os representar.

Mas, depois basta ler mais para perceber que não são todos. Ora vejamos.

Por Lisboa, o município paga os manuais escolares, em toda a escolaridade obrigatória. Muito bom, grande ajuda para quem reside em Lisboa. Apesar do Estado o fazer até ao 6º ano, em Lisboa fazem-no em todos os anos da escolaridade obrigatória. É verdade, a escolaridade obrigatória em Portugal é até oa 12º ano, e isso tem custos, tem custos para as famílias, mas que parece naõ interessar a alguns. E porque não é assim em todo o país? haverá cidadãos da primeira e outros???? eu diria que sim.

Ainda pela educação, nalgumas zonas do nosso país, os estudantes e suas famílias têm acesso a linhas de crédito especiais, com condições especiais de taxa de juro e o mais magnífico, com financiamento da UE. São boas notícias, mas não para todos. Até parece que o movimento que existe para descentralizar o ensino superior, redistribuindo as vagas existentes por outros zonas do país, é verdadeira. Eu diria que não.

Então, e o Algarve? mais uma vez, E porque não é assim em todo o país? haverá cidadãos da primeira e outros???? eu diria que sim.

Na saúde, uma notícia que vai ajudar muitos doentes, a possibilidade de recuperarem em casa, juntos das suas famílias: Hospitalização Domiciliária. Mas, mais uma vez, não abrange todas as zonas de Portugal. Alguns ficam esquecidos, porque não interessam, porque ninguém quer saber, porque os seus eleitos não se preocuparam e não lutam pela região que os elegeu??? não sei o que será, apenas sei que ficam esquecidos. Olhando para o mapa que foi disponibilizado na comunicação social, é visível a preocupação em dar esta possibilidade de assitência de Lisboa para cima, litoral e pouco mais. Já não bastava a falta de condições nos nossos hospitais, a falta de médicos e enfermeiros, a pouca atratividade para trabalhar por cá.

Haverá muitas mais situações, mas fica o meu alerta e desagrado para estas que através referi.

Desta forma, parece-me que o Algarve torna-se pouco interessante, quer para estudar, como para viver. E pior ainda, por decisões governamentais, erradas por sinal.

Um alerta para os nossos deputados eleitos, acordem para a Vida e lutem pelos algarvios, lutem mais do que têm feito e não vão na conversa de Lisboa. Só querem mesmo os nossos impostos, e vir cá passar férias em Agosto.

Para quem tem dúvidas, fica o mapa de Portugal .... com todas as regiões e ilhas.

Créditos da imagem: google

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Por um 2015 melhor do que 2014

Pinto da Costa agredido á porta do Hotel em Lisboa