Bye Bye Sasha

(imagem de Carlos Martins Victor - facebook)

Pois é, após largos anos de má exploração do espaço público, parece que agora a "casa foi mesmo abaixo".

O espaço, que ficou conhecido como "o maldito Sasha", que tanto nos prejudicou, e em que muito e muito ficou por explicar, acabou. Por este espaço, passaram algumas festas sonantes nacionais (sim nacionais, porque para os regionais ou locais, apenas fogo de vista) como as Summer Sessions do Sasha, o MEO Spot, entre outras.

Nunca se percebeu muito bem, talvez porque não foi um processo transparente, como seria aquela exploração do espaço público, quem pagou, e pagava, ou quê? que rendas eram pagas? que benefícios financeiros e de imagem havia para Portimão e para os seus munícipes? entre outras situações menos boas.

Ainda me lembro, que em 2010, era noticiado que o negócio com Luis Evaristo não tinha corrido bem, e que este entregava a marca Sasha para exploração por um período de três anos. Como terá corrido essa exploraçºao da marca Sasha? alguém teve acesso a algum relatório sobre este assunto, ou morreu na praça? Aqui fica o link da notícia.

Parece que agora é mesmo o enterro do Sasha, há-de ser sempre assim que o vou relembrar. O que veio depois disso, já pouco, ou nada, importou.

Fica a pergunta, o que vai acontecer ao espaço?

@joaobarbara

Comentários