Acordei, levantei os braços, mexi o joelho, virei o pescoço… Tudo fez “creec...creec”…

Conclusão: Não estou velha. Estou crocante.

Comentários