Obrigado Sr. Costa por lhe faltar o que devia ter


(imagem do site 

A semana acabou coma notícia que o Reino Unido excluiu Portugal da sua rota turística "segura", mas houve mais notícias preocupantes e que revelam algum desnorte, que quem nos guia, quem nos governa.

Começando pela notícia que veio do Reino Unido.
Desde logo, é um tremendo falhanço diplomático por parte de Portugal. De seguida, pensar que o Reino Unido sempre foi um parceiro de Portugal, mas também é verdade que UK tem por sistema, estar enquanto dá, explorar enquanto dá, e depois abandonar, quando já não dá. Típico de países colonizadores. Já nem falo do ridículo da medida, quando existem centenas de milhares de casos e milhares de mortos no Reino Unido. Por cá, muito melhor, mas ficamos de fora ....
Por isso, digo, Obrigado Sr. Costa por lhe faltar o que devia ter.

Esta medida britânica vai ser catastrófica para o nosso Algarve, para o turismo e para todo o tecido empresarial algarvio. Infelizmente, e digo infelizmente porque já era altura de termos mais alternativas ao turismo. Continuamos a ter uma dependência do turismo acima do saudável. Não abandonar, isso era ridículo, temos tudo para ser um destino turístico por excelência.
E agora, o que vem pós-Veranito que vamos ter este ano? falências, desemprego, emagrecimento. Enfim, ninguém se atreve neste momento a antecipar e prever a dimensão catastrófica da vaga de falências até ao final de 2020. Reter algo muito importante, este "emagrecimento" do tecido empresarial algarvio, vai determinar o nível de desemprego em 2020 e 2021.
Estamos neste momento com semáforo amarelo, aguardemos por ficar no laranja e não chegarmos ao vermelho.  
Por isso, digo, Obrigado Sr. Costa por lhe faltar o que devia ter.

Uma nota para os senhores de Lisboa, se tivessem fechado a zona, era possível ter os ingleses no Algarve e/ou no Norte. Mas não, isso nunca, que se lixe o resto do país, desde que Lisboa não morra. Mas assim continuamos a ter centenas de casos diários em Lisboa e Vale do Tejo, e no resto do país, muitas vezes nem chega à dezena. 
O exemplo da Madeira e Açores é visível o que podia ter acontecido com o Algarve. As nossas ilhas vão receber os turistas britânicos, muitos podiam, e de certo que vinham para o Algarve. 
Por isso, digo, Obrigado Sr. Costa por lhe faltar o que devia ter. Não o que lhe falta, por uma questão de cortesia e de educação.

Hoje já ouvi várias pessoas anónimas, e outras menos anónimas, que Portugal não deve revelar tanto, não se deve expôr tanto!!!! fuck, a sério mesmo que temos de esconder os números para sobreviver????? 
Discordo totalmente, mas isto leva-me à próxima notícia preocupante.

Os profissionais de saúde, e os próprios hospitais, dizem que os números não são reais, que nem todos são comunicados, e que muitos são mal comunicados. Temos a própria Ministra da Saúde portuguesa a informar que faltam qualquer coisa como 200 infetados no números. Pois, será que só faltam 200, não serão 2.000 ou 20.000? pelos vistos tudo é possível. Assim fica difícil de acreditar nos números oficiais.
Por isso, digo, Obrigado Sr. Costa por lhe faltar o que devia ter. 

O Sr. Costa afirmou que Portugal precisa de estabilidade e critica aproveitamento político. Parece que isto tudo porque o PCP votou contra o Orçamento de Estado suplementar e o BE e PSD se abstiveram. Eu até diria mais, o BE podia, e devia ter votado contra. Entendo que este orçamento é curto em medidas de proteção social e das famílias. É curto na Educação, na Saúde e por aí fora ... Entendo a necessidade de passar o Orçamento suplementar, e de deixar o país continuar o seu rumo, nesta altura difícil. Mas será que estamos no rumo certo?
Por isso, digo, Obrigado Sr. Costa por lhe faltar o que devia ter.

Pensem agora comigo, o que vai acontecer quando faltar comida na mesa das famílias? ficam todos em casa (os que ainda tiverem casa), ou vão para a rua? vão ocupar casas devolutas? vão roubar? vão mendigar? vão fazer filas nas cantinas sociais? vão deixar de pagar os seus empréstimos aos bancos e afins? vão fazer filas na portas das IPSS? vão fazer filas na porta dos serviços sociais das autarquias e juntas de freguesia? vão fazer filas na Segurança Social? 
A lista seria interminável, e a desgraça ainda maior, se algo não mudar até setembro noa Algarve.
Por isso, digo, Obrigado Sr. Costa por lhe faltar o que devia ter.

Volto mais tarde para falar especificamente da Educação, Saúde, Famílias e outros assuntos.

@joaobarbara

Comentários