[pelo Algarve até 2021] 300 milhões? e agora, como fazer ....

                       
(créditos da imagem: RTP)

Como forma de estimular a economia algarvia, uma das regiões mais afetadas pela pandemia, e fecho de corredores turísticos com vários países europeus, apenas tem direito a receber 300 Milhões do Fundo Recuperação. Este valor, para uma região afetada da forma que está a ser, pela brusca quebra do turismo, é manifestamente insuficiente. 

Será que mostra o interesse, e a importância que tem o nosso Algarve, para o País? onde andam agora os milhões que o turismo algarvio dá para Lisboa? guardados para um qualquer banco, ou empresa dos amigos? 

O debate do Estado da Nação, que decorreu hoje na Assembleia da República, teve várias intervenções em prol e pela defesa do Algarve. 

Se é verdade que este valor é de extrema importância para a nossa região, também o é, que a verba deve ser utilizada da forma mais coerente e clara possível.

Se é verdade que esta verba representa quase dobrar a quantia de apoios comunitários disponíveis para o Algarve, também o é, que o valor é insuficiente para a crise profunda para a qual estamos a caminhar.

Se é verdade que esta verba tem de ser bem utilizada, isso vai ter de revelar muito controlo na decisão, pelo que se exige a diversificação da base económica da região, infraestruturas ferroviárias e rodoviárias, equipamentos produtivos e reforço dos serviços de saúde públicos.

Vamos todos acompanhar, e exigir que o processo seja claro e transparente para todos.

@joaobarbara

Comentários