Dia Europeu para a Proteção das Crianças Contra a Exploração Sexual e o Abuso Sexual

 


No dia 18 de novembro assinalou-se o Dia Europeu para a Proteção das Crianças Contra a Exploração Sexual e o Abuso Sexual, data que não deveria existir. 

Tem sido, É e vai continuar a ser comum, as notícias sobre abusos sexuais a crianças. Basta acompanhar as notícias, para perceber a gravidade da situação em Portugal, e no Mundo. 

É comum, que as pessoas façam uma partilha dessas notícias, muitas vezes como forma de protesto por aquilo que aconteceu e estão a ler. Mas, o que tenho visto por este universo digital, principalmente das Redes Sociais, é que muitas vezes geram comentários vários, que podem ir da ofensa, à ameaça de justiça popular. Perigoso, porque quando um país perde o controlo do seu povo, tudo pode acontecer.

Será que essas notícias "fazem bem" a este problema, ou apenas lhe dão notícia e publicidade gratuita. Não esqueçamos que, nalgumas situações, o agressor tem prazer em ver-se publicitado. 

E, ainda temos a questão, de saber o que essas notícias trazem de positivo para o problema, para a resolução do problema, para identificar e contextualizar o problema. Será que estas situações têm algo em comum, será que isso é estudado?

Pensem comigo, quantos de Vós evitam comentar em casa, ou com os amigos, estas situações de violência e abuso sexual de crianças e jovens? muitos, não é ...  a verdade, é que existe tabu e muita desinformação sobre este problema.

Esta ausência de discussão, esta ausência de informação, só beneficia mesmo os agressores. São os únicos que beneficiam desta situação. 

Quando damos por nós a dizer que não falamos sobre isso, que fazemos um favor às crianças e aos jovens, ao esconder e não falar deste problema, podemos estar sim a agravá-lo, pois criamos uma falsa sensação de segurança.

Sim, é um problema da sociedade e não devemos esconder.

Seja um agente ativo da sociedade, denuncie! Seja a voz daqueles que não podem falar!

@joaobarbara

Comentários