Quando veneno é muito, por vezes mordemos a própria cauda ... e morrermos!

 


Comentários