MotoGP e Fórmula 1, é para todos os gostos

 

(imagem do site Autosport)

Esta semana foi anunciado oficialmente, que temos a Fórmula 1 de regresso ao Autódromo Internacional do Algarve, e à nossa magnífica cidade de Portimão.

Desta forma, a Fórmula 1 junta-se ao MotoGP, fazendo uma magnífica dobradinha. Vamos ter a MotoGP no dia 18 abril e logo 15 dias depois, a Fórmula 1. Vai ser uma mês diabólico de trabalho para toda a equipa do Autódromo Internacional do Algarve.

Quero aqui felicitar o Paulo Pinheiro, rosto destes sucessos, e toda a sua equipa. É obra, depois de tantos anos fora do circuito, termos em poucos meses, duas provas de Fórmula 1 e de MotoGP. 

Fica a dúvida da presença do público, ainda à consideração das entidades competentes. Quanto a isto, estando garantido as devidas condições de segurança, e com as necessárias restrições, é possível. Esta análise e decisão, é obviamente das autoridades e por isso, apenas nos resta aguardar. 

O Algarve, e Portimão em particular, atravessam um período, que se espera ainda demorado, de uma gravíssima crise. Esta período de crise pandémica, já passou para a, não menos grave, crise económica. 

Algarve e Portimão em particular, são das zonas do país mais afetadas. A crise no turismo, do qual o Algarve continua a ser altamente dependente (algo que espero que venha a ser alterado) veio empurrar a nossa região para uma crise apenas comparável com os negros anos de 2012 e 2013. 

Desde 2014, que o Algarve não tinha tantos desempregados inscritos. De acordo com os dados de janeiro deste ano, estavam inscritos no IEFP, um total de 33.571 cidadãos. Um crescimento de 7% relativamente ao final do ano transato, e de 61% ao mês homólogo de 2020. 

Se analisarmos, concelho a concelho, Portimão regista o segundo pior registo, com Albufeira a liderar. Portimão regista em janeiro, 5.452 cidadãos inscritos no IEFP. Dramático, se pensarmos que estes são os registados, e se lhes juntarmos todos os outros, qual seria este número real?

Com tudo isto, estando muitos empresários a aguardar o desfecho do público nestas provas para repensar a reabertura dos seus estabelecimentos, torna-se urgente ter uma resolução. 

Na minha opinião pessoal, estes eventos são benéficos para a região e, em especial para os concelhos envolventes do Autódromo Internacional do Algarve. Portimão destaca-se aqui pela proximidade.

@joaobarbara

Comentários