[Educação] as primeiras palavras

 


Entendo que o exercício da minha cidadania é inviolável, e não havia melhor dia para começar, que o 25 de Abril. Os assuntos vão ser muitos e com textos curtos e claros sobre as temáticas. 

O deputado bloquista, Luis Monteiro, tem defendido a educação e tudo a que envolve. Deixo os meus cumprimentos ao Luis por nunca deixar esquecer estas temáticas.

Precisamos de fazer muito sobre o ensino, mas será que queremos [a sociedade] fazer esse debate e temos vontade de fazer as mudanças necessárias?

Os assuntos são muitos, as injustiças são muitas, atrás de remendos que não vão resolver os profundos problemas da educação e do ensino.

É preciso que se inicie um debate amplo e abrangente, que envolva toda a comunidade escolar, desde os o pessoal docente, alunos, pessoal não docente, encarregados de educação, pedagogos e especialistas. 

Não esquecer também o envolvimento das entidades oficiais, sejam o ministério da educação como as próprias autarquias. Não menos, mas essencial é ouvir os profissionais de saúde, principalmente nas questões da saúde mental e tudo o que envolve.

Voltarei noutro dia, com opinião e propostas para uma educação mais justa e plural.

@joaobarbara

Comentários