[sobre a AMP] um desafio para reuniões mais abertas aos cidadãos

 


Caros portimonenses,

Em véspera de mais uma Assembleia Municipal de Portimão, esta a primeira [excecionando a da tomada de posse e a que elegeu a mesa da assembleia] do mandato 2021/2025. 

Este mandato exige muita responsabilidade dos seus eleitos [aliás como em todos os mandatos políticos] e será pedido trabalho, intervenção e defesa dos interesses do povo e não próprios. Eu vou exigir essa atitude a todos, mais a uns que a outros, por motivos que não são para aqui chamados. 

Como sempre defendi, começo por deixar uma proposta de recomendação que gostava de ver com uma aceitação alargada a várias bancadas da assembleia - a da transmissão e gravação de todas as assembleias municipais [até das reuniões da Câmara, mas para já fico-me pelas assembleias]. 

Para mim, esta deve ser uma das bases deste mandato. Outras bases de trabalho para outro dia.


RECOMENDAÇÃO

POR REUNIÕES DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE PORTIMÃO MAIS ABERTAS A TODOS OS CIDADÃOS


A transparência e abertura da política aos cidadãos deve começar pela sua assembleia municipal, órgão que por si só deve ser exigente nesta matéria. O escrutínio público é um dos pilares na democracia e deve servir mesmo para aumentar a confiança dos cidadãos nos órgãos políticos que elegem.

É preciso "abrir as portas" da Assembleia Municipal de Portimão aos seus cidadãos.

Considerando que:

  • a abstenção no concelho de Portimão é elevada, e por si só demonstrativa do desinteresse dos cidadãos na atividade política;
  • a participação dos cidadãos nas reuniões da Assembleia Municipal de Portimão são muito reduzidas;
  • a transmissão ao vivo confere visibilidade e credibilidade em tempo real às reuniões e ao seu conteúdo;
  • nem todos os cidadãos têm a possibilidade de se deslocar à noite às reuniões;
  • é fundamental que a Assembleia Municipal de Portimão e os seus eleitos contribuam para as reformas necessárias para o fomento de uma maior aproximação aos cidadãos, promovendo assim um aumento do seu interesse pelo ativismo político;
  • os serviços do Município têm os meios e técnicos capazes de promover o registo vídeo e áudio das reuniões, assim como a sua transmissão ao vivo;
  • existem inúmeras outras assembleias municipais em Portugal que transmitem ao vivo e procedem ao registo vídeo e áudio das reuniões, não existindo por isso nenhum impedimento legal para a recolha de registos vídeo e áudio;
Recomendo que relativamente às reuniões da Assembleia Municipal de Portimão:
  • se adote de imediato a transmissão ao vivo 
  • se proceda ao registo vídeo e áudio
  • se disponibilize em repositório tipo Youtube às gravações
@joaobarbara

Comentários